Médicos do Mundo

Situação

Em terreno africano, a Rede Internacional da Médicos do Mundo trabalha com populações muito distintas e com situações desafiantes, que colocam em risco o acesso à saúde das populações locais.
Entre conflitos armados, fluxos migratórios, situações de pobreza extrema, problemas de saúde materno-infantil, casos de mutilação genital feminina, catástrofes naturais ou discriminação, são muitas as frentes em que a Médicos do Mundo actua, para lutar contra todas as doenças, até mesmo a injustiça.

A nossa acção

A Rede Internacional da Médicos do Mundo está presente em 18 países do continente africano, promovendo o acesso à saúde às populações vulneráveis.
Entre as várias linhas de intervenção, a Médicos do Mundo actua para promover a igualdade de género, a saúde mental, a contracepção, o planeamento familiar e a saúde materno-infantil. No terreno, as equipas médicas trabalham para combater a má nutrição das populações, as epidemias, o contágio de doenças sexualmente transmissíveis e a discriminação entre a população.

Localização

A Rede Internacional da Médicos do Mundo está presente em 18 países do continente africano:

  • República Centro Africana
  • Algéria
  • Angola
  • Burquina Faso
  • Chade
  • Costa do Marfim
  • Egipto
  • Etiópia
  • Kénia
  • Libéria
  • Madagáscar 
  • Mali
  • Níger
  • Uganda
  • República Democrática do Congo
  • Somália
  • Tanzânia
  • Tunísia

 

 

Projectos Terminados

Moçambique

Missão Ndeja

Na noite de 14 de Março de 2019, Moçambique foi atingido pelo ciclone Idai, uma catástrofe natural de grande dimensão que destruiu muitos dos serviços de saúde e saneamento locais, comprometendo o bem...

Saiba Mais