Médicos do Mundo

Situação

Em terreno africano, a Rede Internacional da Médicos do Mundo trabalha com populações muito distintas e com situações desafiantes, que colocam em risco o acesso à saúde das populações locais.
Entre conflitos armados, fluxos migratórios, situações de pobreza extrema, problemas de saúde materno-infantil, casos de mutilação genital feminina, catástrofes naturais ou discriminação, são muitas as frentes em que a Médicos do Mundo actua, para lutar contra todas as doenças, até mesmo a injustiça.

A nossa acção

A Rede Internacional da Médicos do Mundo está presente em 18 países do continente africano, promovendo o acesso à saúde às populações vulneráveis.
Entre as várias linhas de intervenção, a Médicos do Mundo actua para promover a igualdade de género, a saúde mental, a contracepção, o planeamento familiar e a saúde materno-infantil. No terreno, as equipas médicas trabalham para combater a má nutrição das populações, as epidemias, o contágio de doenças sexualmente transmissíveis e a discriminação entre a população.

Localização

A Rede Internacional da Médicos do Mundo está presente em 18 países do continente africano:

  • República Centro Africana
  • Algéria
  • Angola
  • Burquina Faso
  • Chade
  • Costa do Marfim
  • Egipto
  • Etiópia
  • Kénia
  • Libéria
  • Madagáscar 
  • Mali
  • Níger
  • Uganda
  • República Democrática do Congo
  • Somália
  • Tanzânia
  • Tunísia

 

 

Projectos Terminados