Os factores socioeconómicos são determinantes no acesso à saúde, tal como no acesso à medicação. As pessoas que se encontram em situação de vulnerabilidade socioeconómica muitas vezes não conseguem cumprir o regime terapêutico por insuficiência económica e consequente incapacidade de comprar a medicação, priorizando a compra de alimentos.
O MedPAH é um projecto que dá resposta às pessoas em situação de vulnerabilidade socioeconómica que não têm possibilidade de aceder a medicamentos pelos seus próprios meios económicos. Neste projecto há contribuição para a equidade no acesso a medicamentos, através do apoio medicamentoso gratuito, garantindo que as pessoas cumpram os seus regimes terapêuticos, independentemente da sua situação económica.