Paulo Silva

A Missão Esperança

A Missão Esperança é um Programa de Voluntariado da Médicos do Mundo que pretende apoiar as populações vítimas de catástrofes naturais, sejam elas incêndios, cheias, terramotos, entre outros.

Actualmente a Missão Esperança tem sede em Castanheira de Pera, local onde foi fundada, continuando a apoiar as vítimas dos incêndios de Pedrógão Grande em Junho de 2017. 

Paulo Silva

No local, a equipa tem recebido mais de 3 500 voluntários (corporativos e individuais) que têm apoiados nas mais diversas tarefas: limpeza de escombros, reposição de pasto, reposição de hortas de subsistência, reconstrução de anexos agrícolas, apetrechamento de casas, entre outros. 

Voluntariado

O Voluntariado

<p>Mais de 3500 voluntários já passaram por Castanheira de Pera para devolver Esperança à população local" - Carla Paiva, Directora Executiva da Médicos do Mundo</p>

As várias fases de emergência da Missão Esperança

Após os incêndios que fustigaram o Pinhal Interior no dia 17 de Junho, a Médicos do Mundo (MdM) recebeu um apelo oficial por parte do Município de Castanheira de Pera para ajudar a comunidade local, uma vez que o Executivo então vigente não dispunha dos conhecimentos e da experiência fundamentais para dar respostas a tamanhas necessidades.

A 22 de Junho, a Médicos do Mundo constituiu uma equipa e entrou no terreno para apoiar as vítimas dos incêndios, assumindo a coordenação logística dos bens doados e do voluntariado, baptizando esta missão como "Missão Esperança". A fase de emergência, que terminou a 7 de Setembro de 2017, e que tem agora continuidadade, mobilizou mais de 1500 voluntários e inúmeras organizações e entidades que quiseram contribuir para fazer renascer a Esperança em Castanheira de Pera.

Perante a catástrofe que assolou o país no dia 15 de Outubro de 2017, a Câmara Municipal de Santa Comba Dão pediu o apoio da Médicos do Mundo para assegurar a coordenação do voluntariado e a gestão logística dos bens doados, iniciando assim mais uma intervenção de emergência da Missão Esperança.


Entre 22 de Outubro e 1 de Novembro de 2018, a Médicos do Mundo apoiou 117 pessoas com a entrega de 126 kits (54 kits de alimentação, 45 kits de higiene e 27 kits de limpeza) e de rações para os animais. 
A Missão Esperança contou com 166 voluntários em Santa Comba Dão, que ajudaram na organização geral da antiga Escola Profissional, na recolha e entrega de bens doados, na triagem de roupa e na limpeza de escombros das casas devolutas. 

Ainda em consequência do incêndio do dia 15 de Outubro de 2017, a Médicos do Mundo respondeu ao apelo da Câmara Municipal de Oliveira de Frades e iniciou uma missão de emergência humanitária, para ajudar as populações afectadas e o município.

Ainda a decorrer em Castanheira de Pera, e depois de Santa Comba Dão, a Missão Esperança foi  replicada em Oliveira de Frades entre 13 de Novembro e 21 de Dezembro, onde a organização coordenou o voluntariado, geriu a logística dos bens doados e apoiou na limpeza de escombros.

Esta missão contou com mais de 280 voluntários no terreno.