RSS Facebook Twitter YouTube BlogSpot
SIGA-NOS
RECEBA A NOSSA
REVISTA FACE
insira o seu endereço electrónico

Rede MdM Internacional
Presidente da República veste colete da Médicos do Mundo
18-05-2017

Presidente da República veste colete da Médicos do Mundo

A equipa de rua do projecto Porto Escondido recebeu uma visita muito especial no dia 8 de Maio. O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, esteve no Porto onde acompanhou a intervenção no terreno para conhecer em primeira mão o trabalho da Médicos do Mundo junto das pessoas sem-abrigo.

“Tributo aos voluntários” foi como Marcelo Rebelo de Sousa classificou esta visita às equipas que apoiam as pessoas em situação de sem-abrigo. Acompanhado de Cláudia Joaquim, Secretária de Estado da Segurança Social, o Presidente da República deslocou-se na Unidade Móvel da Associação a vários locais, onde assistiu à prestação de cuidados de saúde, conversou com vários utentes e distribuiu “afectos”.

Em declarações aos jornalistas, o Presidente da República descreveu alguns dos problemas que encontrou: “Há aqui problemas de saúde mental, há problemas de abrigo, de casa, há problemas de refeição em condições diferentes da refeição na rua e depois há, em alguns casos, problemas de empregabilidade.” Para Marcelo Rebelo de Sousa, as soluções para estes problemas “passam pelas câmaras, juntas de freguesia, misericórdias e muitas instituições que estão a ser coordenadas”.

Esta visita é um passo importante para a re-implementação de uma estratégia nacional para as pessoas sem-abrigo, com a cooperação entre instituições de áreas de intervenção distintas, e também na consciencialização para as questões de saúdes mental e do acesso aos cuidados de saúde de alguns cidadãos.

Lembre-se que o Porto Escondido é um projecto da MdM, co-financiado pela Direcção-Geral da Saúde (DGS), no âmbito do Programa Nacional para a Infecção VIH e SIDA, e que presta cuidados às pessoas em situação de sem-abrigo e a outros grupos vulneráveis ao VIH e SIDA, já que acumulam várias fragilidades de saúde mental ou abuso de substâncias e têm dificuldades no acesso aos serviços da rede social de suporte.

 Este projecto assume uma importância redobrada dada a inexistência de financiamentos específicos para esta população, mas a Médicos do Mundo realiza um acompanhamento de forma transversal em todos os projectos e “mesmo nos projectos Banco de Medicamentos, Terceira (C)Idade e UHSA encontramos utentes que se encontram em situação de sem-abrigo”, refere Raquel Rebelo, a directora de projectos do Norte da Médicos do Mundo.

 

Esta visita seguiu-se ao convite realizado pelo Movimento Uma Vida Como a Arte, parceiro do NPISA Porto - do qual faz parte a Médicos do Mundo -, que recomendou o acompanhamento da Equipa de Rua do Porto Escondido, dada a intervenção que esta realiza na cidade desde 2006.

 

No âmbito da Estratégia Nacional para a Integração de Pessoas Sem-Abrigo (ENPISA) 2009-2015, a Médicos do Mundo é parceira activa do NPISA Porto, com participação activa no Núcleo Executivo e Plataforma Triagem e Acompanhamento, onde assume a Gestão de Caso e Gestão de Tarefa.