RSS Facebook Twitter YouTube BlogSpot
SIGA-NOS
RECEBA A NOSSA
REVISTA FACE
insira o seu endereço electrónico

Rede MdM Internacional
Nem agora, nem nunca: Um apelo contra as políticas de Trump
06-02-2017

Nem agora, nem nunca: Um apelo contra as políticas de Trump

A Médicos do Mundo – Medecin du Monde (MdM) é uma rede humanitária internacional com voluntários e colaboradores que executam 440 programas em 80 países da Europa, África, Américas, Ásia, Médio Oriente e Oceânia.

Todos os dias testemunhamos a luta pessoal de milhares de pessoas vulneráveis, ​​que são vítimas de circunstâncias que escapam ao seu controle, sem acesso a cuidados básicos de saúde. Algumas políticas recentemente implementadas pelo Presidente Trump, violam os direitos humanos fundamentais dessas pessoas e de outras que estão sob nosso cuidado e estão em directa oposição aos valores da nossa organização.

Nos últimos dias, o novo presidente dos Estados Unidos da América desafiou três dos nossos valores fundamentais:

1. Acreditamos na igualdade de direitos para as mulheres: esta não é a primeira vez que a Política da Cidade do México, também conhecida como a “Regra da Mordaça Global”, é instituída no primeiro dia de uma nova administração. Desde Regan, todos os presidentes republicanos instituíram, e todos os presidentes democratas o revogaram com a mesma rapidez. Mas para o presidente Trump, o que era uma lei dura, punitiva e prejudicial que aparentemente foi contraproducente em seus proponentes, resultou em mais abortos, e não menos, diminuindo apenas a segurança dos processos de aborto. A versão da “Regra da Mordaça” do Sr. Trump pode afectar todos os aspectos do financiamento global da saúde por parte de todas as agências do Governo dos EUA. No final, esta política é susceptível de anular e reverter muitos dos impressionantes ganhos que têm sido feitos globalmente no sector da saúde, nas últimas décadas. O impacto será maior nas mulheres e nos seus filhos. Acreditamos firmemente que toda a mulher, em sua condição de ser humano, tem o direito à igualdade social, à igualdade económica, à igualdade política, e talvez mais importante para nós, uma igualdade de direitos a uma vida saudável e digna. A “Regra da Mordaça” negaria esse direito àqueles que mais necessitam dele, e nós apomo-nos vigorosamente a ela.

2. Acreditamos no tratamento humano dos prisioneiros de guerra e, em geral, de todas as pessoas detidas, presas e encarceradas. Consideramos abominável e detestável que o Presidente dos Estados Unidos sugira que o Governo dos Estados Unidos empregue meios bárbaros e ilegais para obter informações que julgue serem úteis, sem evidências que o apoiem, apenas porque acredita que &a tortura funciona”. Apoiamos firmemente a Convenção das Nações Unidas contra a Tortura e Outros Tratamentos ou Punições Cruéis, Desumanos ou Degradantes.

3. Acreditamos que todos os indivíduos que fogem do seu país em tempos de instabilidade política, conflito civil, guerra ou por medo de perseguição com base nas suas opiniões políticas, etnia, orientação sexual ou religião, têm o direito de solicitar o estatuto de refugiado. Acreditamos que a recente Ordem Executiva que impõe uma proibição indefinida aos refugiados da Síria, severas restrições à imigração de sete países maioritariamente muçulmanos e que suspende toda a admissão de refugiados por quatro meses é injusta, desumana e terá consequências negativas para a saúde de muitos, que serão forçados a permanecer em áreas de conflito contra a sua vontade.

Por eles, elevamos as nossas vozes, como médicos e trabalhadores de saúde, em nome de todos aqueles que são alvo destas políticas injustas, não apenas em protesto, mas em afirmação clara e retumbante dos nossos próprios valores. Não vamos sacrificar ou desistir, nem agora, nem nunca.


Dr Ron Waldman – MdM Estados Unidos

Dr Françoise Sivignon – MdM França

Dr José Félix Hoyo Jiménez – MdM Espanha

Dr Javier Meritano – MdM Argentina

Dr Michel Roland – MdM Bélgica

Dr Nicolas Bergeron – MdM Canadá

Dr Heinz-Jochen Zenker – MdM Alemanha

Dr Nikitas Kanakis – MdM Grecia

Dr Jean Bottu – MdM Luxemburgo

Dr Abilio Antunes – MdM Portugal

M. Paul Meijs – MdM Países Baixos

Dr Frédérique Jacquerioz – MdM Suica

Dr Anders Björkman – MdM Suecia

Ms. Janice Hughes – MdM Reino Unido

M. Gaël Austin – MdM Japao